TURISMO GLOBAL: UMA PERDA DE 320 MIL MILHÕES DE DÓLARES ENTRE JANEIRO E MAIO DE 2020

Quiosque360. A situação é alarmante. De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), as perdas registadas pelo turismo mundial de janeiro a maio, em termos de receitas, estão estimadas em 320 mil milhões de dólares. Milhões de empregos estão em risco em todo o mundo.

Estes são tempos difíceis para o turismo global nestes tempos de pandemia coronavírus. De janeiro a maio, o número de turistas internacionais caiu 56% face ao mesmo período de 2019, o que corresponde a menos 300 milhões de visitantes, revela o diário francês Le Point num artigo publicado no seu site a 28 de julho. As perdas de receitas são estimadas em 320 mil milhões de dólares, de acordo com o barómetro publicado em 28 de julho pela Organização Mundial do Turismo (OMC). Para esta organização, este é mais do que o triplo dos prejuízos registados, em termos de receitas turísticas internacionais, durante a crise económica global de 2009. o ponto assinala que, apesar do lento reinício do turismo, particularmente no Hemisfério Norte, o índice de confiança da ONU caiu para um nível recorde.

Esta situação tem consequências sociais muito graves, uma vez que milhões de postos de trabalho em todo o mundo estão em risco. Com efeito, a OMT estima que 100 a 120 milhões de empregos diretos no turismo estão agora em risco em todo o mundo devido à crise sanitária. Refira-se que, no início de maio, a OMT previu uma queda de 60 a 80% no número de turistas internacionais até 2020, com perdas de receitas de um total entre 910 mil milhões e 1.200 mil milhões de dólares.

Faça o primeiro comentário a "TURISMO GLOBAL: UMA PERDA DE 320 MIL MILHÕES DE DÓLARES ENTRE JANEIRO E MAIO DE 2020"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*